sábado, março 24, 2007

APRESENTANDO O ED WOOD


Faz tempo que eu não falo dele. Aliás, os leitores mais recentes só o conhecem pela ilustração lá em cima. O Ed Wood é o meu irmão caçula mimado de quatro patas. Mora com os meus pais e é um cachorro da raça Beagle (para quem não sabe, é a raça do Snoopy). Filho de pais mais velhos (os meus), ele faz coisas que meu irmão e eu nunca pudemos fazer. Tais como:


- dormir na cama com eles;
- ganhar brinquedo cada vez que eles chegam do supermercado;
- subir na mesa para pegar comida.

Pois bem. Se um beagle normal já é por natureza um cachorro maluco, o Ed é o campeão mundial dos doidos. É comum termos que parar a refeição para correr atrás dele e pegar o pano de prato que ele pescou de cima da pia, ou a luva térmica que pescou de cima do fogão. Ou ainda tentar entender por que ele saiu correndo sozinho da área de serviço com um barbante pendurado na bunda. Pra depois descobrir que era o barbante que amarrava uma orquídea do meu pai que deixara de existir alguns dias antes. Tivemos que correr pela sala toda atrás do bicho, quando o encurralamos em um canto a mamãe, com a mão protegida por um papel toalha, puxou o barbantinho. Vocês já viram cachorro apitar??? Pois eu juro que o nosso apitou.

Outras peripécias que o Ed já aprontou:

- Cavou uma toca dentro do sofá;
- Comeu o meu chaveiro que estava dentro da minha bolsa. Detalhe: a bolsa estava fechada, em cima da mesa, e a mesa estava sem uma cadeira por perto, para ele não subir;
- Saiu passeando com a escova de dentes do meu pai pendurada pelo cabo, igual a um cachimbo.

Agora, a pior de todas que o Ed aprontou eu deixo para contar no próximo post. Não percam, ok???

6 comentários:

Your Soul disse...

To no aguardo....rs
bjs Luuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Anônimo disse...

Oi Lu...seu cachorro deve ser o maximo mesmo...sabe q o cão sempre puxa a familia né..rs...viu voltei pro meu blog qdo der da uma passada lá...bjs
www.clubedoscandangos.blogger.com.br

PULCHRO disse...

=]
Mesmo com todas essas traquinagens, eu já gostei do Edy.
Estou no aguardo ;]
E obrigadeeenho pela visita.
Ótimo domingo.

Lino disse...

Cachorros, quando fazem parte da família, podem quase tudo. Talvez seja por isso que nunca quis tê-los em casa.

Gabriela disse...

ai, eu peguei um boxer no meio da rua e ele é meio louco.
vive aprontando, coisas como comer chinelo, calça jeans, plantas...

fazia tempo que eu não entrava.
muito boa a história do adri colocando fogo em tudo. hahaha

DO disse...

Nem consegui imaginar o que ele faz por ai,LU,heheheh

beijão!!