sábado, junho 23, 2007

ELA...

Um dia, ela me olhou. Eu olhei de volta. E ela ficou lá. Quieta. Abrindo e fechando a boca. E me olhando, sem parar, deu uma reboladinha. Eu não acreditei: a coisa era comigo? Como que em resposta, ela me olhou mais fixo e se balançou toda, novamente. Aí, não agüentei: eu a encarei de frente e balancei a cabeça. O que ela estava pensando, oras? Eu... uma mãe de família? Ela então me olhou DE NOVO. Rebolou outra vez. E foi assim, nessa hora, que eu tive a grande revelação. Aquela que, de lá para cá, tem mudado o meu modo de ver a vida. É impressionante como às vezes tudo está na sua cara e você não consegue ver. E eu percebi! Sim! É verdade! O meu peixe conversa comigo! Vocês precisam ver que coisa mais bonitinha: é só eu chegar perto do aquário que a Rocky começa a se balançar toda, aí eu chacoalho a minha cabeça e ela me responde com uma nova rebolada. E a gente fica nessa bem assim... por uns cinco minutos, se bobear. Deve ser um papo muito bom, mas infelizmente eu ainda não sou muito versada nas linguagens de um Acará-Disco.
Mas que nós conversamos... ah, sim, conversamos!
E... não! Eu não sou doida! Ou talvez só um pouquinho...

8 comentários:

simone disse...

Oi Lu!

Vim coferir e amei sua pagina tambem. As caricaturas são otimas. Voce e muito criativa quando escreve. Eu tenho uma cadela e ela tambem entende ate meu olhar.

Acho que eles percebem ate nosso humor.

Volto mais vezes.
A pode me linkar eu ja te linkei de atrevida que sou rsrs..

Beijos

Si

mariazinha_ps disse...

nossa senhora, era só o que me faltava isso agora... se bem que eu não tenho nenhum bichinho, mas os vizinhos tem e eu brinco muito com eles, agora vou prestar atenção, :)
que bom que tu ainda lembra de mim, florzinha obrigada.
fiquem todos com Deus família linda, beijos.

Anônimo disse...

Mais carinho que eu dou é impossível ! Amo minha filha mais que tudo ! É minha razão de viver , minha vida mesmo !
Beijinhos ,
e espero que ela fique grudenta como as suas e como sou com minha mãe ,
Bel .

http://www.sitedavovo.blogger.com.br disse...

Oi Luciana, te encontrei!!!!! bha the, faz muita s luas que nos conversamos, eu fiquei um tempo sem blogar mas agora voltei, senti sodadona de ocês, etri no teu bló, me due um medão daquele teu cachorro de estimação, que cara de brabo, nossa!!!!( mentirinha) só quero desejar a vc e tua familia tudo de bom, e apareça por favor, né!!!!!! beijuxxxxx

maray disse...

tem gente que fala com plantas, outros com filhos adolescentes, eu mesma costumo falar com meus vestidos quando eles emperram na hora de entrar ou sair...não vejo porque você naõ possa bater papo com peixe. Mas , diz aê, o que vc anda fumando?? :)

Marco disse...

Vou te confessar uma coisa, Luciana:
Tive um peixe, um limpa-vidro, que se comunicava comigo. Era só eu aparecer perto do aquário e ele vinha de onde estivesse para ficar me olhando.
Muito legal!
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

DO disse...

Tbem nada entendo deste tipo de linguagem,LU. Mas este negócio do peixe ficar rebolando,hummmmm,rsss,sei não viu.

Bacio!!

Adriana disse...

Lu, eu tenho um peixe telescópio que atende pelo nome de HUbble. Menina, ele me vê, vai pro cantinho do aquário. Aí eu vou tb, e eu fico sobindo e descendo meu rosto no campo visual dele, e ele sobe e sdesce no aquário, me acompanhando... Se eu parar, ele para, e fica me olhando, como se me emitisse algo por telepatia, mas eu ainda não alcanço o quê. Dou a comidinha, ele manda ver, mas volta sempre pra me olhar. É uma delícia...
Tenho tb um porquinho da índia que se comunica inteligentemente comigo. Não estou doida. É tudo comprovável cientificamente... rsrsrs
bjks, queridona
Adri (m-música)